Fechar

Faça sua busca:

Fechar

Informe seus dados e acessar seu e-mail:

  • Noturno
  • 4 semestres
  • 80 vagas anuais
  • 89 créditos
  • 1674 horas
  • R$ 678,02 mensalidade (03 matérias) Valores 2017

Por que estudar Design de Produto?

Um dos principais objetivos do profissional de Design de Produto é criar uma mercadoria que não seja interessante apenas esteticamente, mas também de forma funcional. Responsável por atuar na confecção de joias, móveis e equipamentos, por exemplo, o profissional deve descomplicar a vida dos consumidores, possibilitando o uso prático dos objetos por meio da inovação.

O Designer de Produto precisa compreender as diversas fases (da produção até o descarte) que a indústria percorre para lançar um produto no mercado, afinal, ele cria e desenvolve objetos de uso cotidiano. O profissional atua nas etapas de idealização, desenho, prototipagem, testes e implementação, envolvendo sustentabilidade, criatividade e empreendedorismo. Aprende a trabalhar características exteriores da mercadoria, mas também as relações estruturais e funcionais, do ponto de vista do usuário e do processo produtivo.

Sobre o curso

O Curso de Design de Produto da FSG tem como objetivo a formação de profissionais completos, de referência no mercado de trabalho, por meio de uma soma de fatores como: qualidade do corpo docente, matriz curricular modernizada e infraestrutura ampla.

Autorizado pela Resolução CONSUP – No 007/2016 - 08/09/2016

Inscreva-se

O Curso de Design de Produto da FSG – Centro Universitário da Serra Gaúcha dispõe de espaços diversificados que possuem infraestrutura adequada para o desenvolvimento das habilidades e competências necessárias para a formação do acadêmico. Entre os ambientes, o aluno tem à disposição a biblioteca física e online, salas de desenho, laboratórios e oficinas. Todos eles apropriados para colaborar com a excelência profissional do futuro designer. 

Inscreva-se

O profissional formado em Design de Produto tem a opção de lidar com embalagens, transportes, eletrodomésticos, mobiliário urbano e público, design de jogos, direção de arte, consultoria estratégica e design social. As empresas públicas e privadas são algumas áreas de atuação, assim como a atividade de profissional liberal, na área de consultoria, supervisão e assessoria na produção ou implantação de projetos. É fundamental que, para isso, o designer desenvolva a ética e a preocupação ambiental, sempre valorizando o trabalho em equipe.

Inscreva-se

Nenhuma Revista Adicionada.

Inscreva-se